A culpa é do povo

A culpa é do povo

O Conde Joseph-Marie de Maistre, que foi um escritor, filósofo, diplomata e advogado francês é o famoso autor da frase “toda nação tem o governo que merece”. Acredito que ele estava certo, pois nunca vi uma eleição da qual não tivessem participado bons candidatos, em todos os níveis da federação.

Mas o povo parece preferir sempre aquele que lhes promete o que não poderá cumprir, seja porque não será prático, possível ou desejável, ou até mesmo porque tal promessa não poderá ser cumprida com os poderes outorgados ao cargo que o candidato ocupará caso seja eleito.

Bolsonaro, por exemplo, promete o fim do Estatuto do Desarmamento, o que é no mínimo curioso, já que ele não poderá obrigar o Congresso Nacional a aprovar matéria alguma.

Eu acredito nos princípios do Capitalismo e da Direita, mas não vejo em Bolsonaro, um espírito de liderança capaz de unir o povo e acabar com a corrupção formada nos anos do PT, que vimos, não é um partido político, mas sim uma organização criminosa destinada unicamente a pilhar a coisa pública.

Para mim, Dr. Enéas Carneiro representa muito mais a Direita do que qualquer outro nome que se avente nos dias de hoje. Muitos o taxaram de louco, só porque ele falava rápido e ao final gritava: Meu nome é Enéas!

O que a maioria do povo aparentemente não percebia, era que essa era a única maneira que o cardiologista, físico, matemático, professor, escritor e político Dr. Enéas tinha para chamar a atenção de quem estava assistindo ao Horário Eleitoral Gratuito, devido ao exíguo tempo de TV de que dispunha o PRONA, partido que fundou.

Quando foi eleito Deputado Federal por São Paulo, com 1,57 milhões de votos em 2002, um recorde até hoje não superado, analistas políticos logo trataram de afirmar que aqueles eram votos de protesto. Não posso dizer por todos os que nele votaram, mas garanto que o meu voto não foi por protesto e sim por acreditar em seu plano de atuação parlamentar, que não me decepcionou, tanto que em 2006 tornei a ajudá-lo com meu voto, a conquistar seu segundo mandato na Câmara Federal.

Previous Faculdade Eduvale de Avaré promove a X Semana de Enfermagem
Next Houston, temos um problema: os cinco maiores improvisos de astronautas