Maú

Ah! Acabou!!! Acabou!!! Rio 2016, foi bom para você!?

E lá se foi mais uma edição dos Jogos Olímpicos, dessa vez no Rio de Janeiro. Os deuses helênicos devem ter ficado satisfeitos com o que viram, após muita desconfiança

Maú

FAMPOP – A história do maior festival de MPB do interior do país

(Baseado na pesquisa e trabalho científico de Helena M. Tristão Morgato)   A Música Popular Brasileira se renova constantemente em festivais importantes em algumas cidades do interior, essa é a

Maú

Memórias póstumas de Anita

À ÚLTIMA AMPOLA DE ANTIBIÓTICO NÃO INJETADA, DEDICO COMO SAUDOSA “RECORDACÃO” ESTAS MEMÓRIAS PÓSTUMAS. “Au! Aau! Auu! Aauuu!” Perdoe-me, mas pra quem não sabe fui uma cadela e ainda é

Maú

Redação para vestibular em tempos de listas da Odebrecht

Havia um pequeno paraíso “COLORIDO” no litoral do “NORDESTE”, numa das inúmeras pousadas com casas de taipas, vivia um “ESCRITOR” “GREGO” esquisito na companhia de um velho “PASTOR” “ALEMÃO” chamado

Maú

Bastidores do recente capítulo do folhetim Brasil

Será que há a imparcialidade em parte da imprensa e isenção no judiciário!? Claro que não, quem assiste, principalmente, a um jornal que passa na faixa das 22 h em

Maú

Um spoiler me contou o final do “Games of Brazil”

  Spoiler, termo da moda ultimamente, é aquele seu amigo mais evitado e odiado da vez por revelar finais de filmes e séries que ainda não viu. Bom, não querendo

Maú

Novelão em Brasília

“Sementem ut feceris, ita metes” Fico perdido em meio a tantas atualizações de sites noticiosos após já ter lido o jornal impresso da manhã, mas é a velocidade da era

Maú

Uma pequena história na Fampop

E lá se foi mais uma Fampop, minha 27ª religiosamente participação desde os idos de 1989 quando toquei pela primeira vez numa eliminatória avareense com uma banda recém formada de

Maú

Dia da Árvore

Quem tem lá seus mais de 30 anos de Avaré, com certeza terá a lembrança de verões quentes e torós vespertinos, porém era muito raro um dia em que a

Maú

Memórias e confissões de um quase avareense * (Avaré 154 anos)

  Sou do tempo em que se podia jogar bola de capotão e bets em plena Rua Domiciano Santana e só tirar os tijolos de gol ou lata de óleo

Maú

Memórias – Minhas primeiras escolas

         Comecei meus estudos em Avaré no ano de 1977 no pré-primário do Sedes Sapientiae, onde alguns de meus amigos, Tonhão (Conrado – in memorian) e João

Maú

Vantagens e desvantagens

Antes do nascimento de cada pessoa na Terra, Deus a dota com alguma característica que a destacará para toda sua vida. Esse, sendo ainda rascunho de gente, recebe uma pulseira