Drops da semana!!!

Drops da semana!!!

Excomunhão geral

 

Dia desses li que o Vaticano busca medidas para a excomunhão de corruptos e mafiosos em qualquer país, lembrando que excomungar alguém é a penalidade mais grave da Igreja Católica para com seus membros. O próprio Papa Francisco excomungou a máfia calabresa “Ndrangheta” em 2014.

Excomungar no passado significava afastar do convívio da comunidade quem de certa forma não respeitasse os dogmas e a hierarquia da instituição religiosa católica. Houve reis expulsos da igreja justamente por agirem contra princípios estipulados da igreja e até líderes que se revoltaram com alguns princípios, o luteranismo, calvinismo, entre outros ramos do cristianismo foram criados justamente por esses, digamos, religiosos com uma visão diferente da igreja católica.  Hoje em dia a excomunhão é uma punição rara e tem mais a ver com certo posicionamento ideológico do membro. Um caso famoso envolvendo brasileiro foi o do teólogo Leonardo Boff, foi condenado a um ano de “silêncio obsequioso”, não chegou a ser propriamente excomungado, mas se afastou do sacerdócio por divergências com a doutrina católica.

Fico imaginando quando essa medida chegar ao Brasil, será uma onda de excomunhão por atacado ou processo coletivo!? Começando pelo executivo, passando pelo legislativo, judiciário e chegando ao top do mundo empresarial, ainda mais que política e máfia no país são praticamente irmãos siameses.  O único problema é que sempre haverá um ministro mui amigo do STF no apagar das luzes de um dos recessos para salvar a alma de um corrupto/mafioso, ou seja, aqui no Brasil, a frase religiosa mais dita nos corredores palacianos ou do no$$o congre$$o é “Só o STF salva”, creio que até pra excomunhão e em último caso, exorcismo.

____________________

Governo Zumbi

 

Confesso que não sou fã de “Walking Deads”, nem gosto do gênero, mas assisti a alguns episódios e a filmes do gênero na adolescência, sendo que não sei o porquê esses “mortos vivos” me fazem lembrar um pouco de integrantes do atual governo oportunista que se instalou por meio de (…) aqui! Tudo bem que é um governo “fransciscano”, é muito “dando que se recebe”, e todo santo dia há uma romaria de asseclas no templo mor do palácio do Jaburu em rezas fisiológicas com seu líder momentâneo, mas no fundo são autênticos zumbis bem arrumadinhos (o que o dinheiro não faz!?) dos três poderes, a única diferença é que ao invés de falarem macabramente “céééérebro”, dizem cinicamente, “caaaaaargo”, “veeeeerba”, “meeeeesada”, etc… 

____________________

A mais nova mordida do grande lobo

 

Não é de hoje que o Sr. João Luís Woerdenbag Filho, vulgo Lobão, cria polêmica com a classe artística, parece que tem um poderoso imã para isso desde o começo dos anos 80, a Blitz que o diga! Agora com seu recente livro de memórias, “Guia politicamente incorreto dos anos 80 pelo Rock”, destila um requentado veneno para figuras tarimbadas do pedestal da dita MPB e alguns colegas (ou ex) contemporâneos do rock tupiniquim, outras vezes “paz & amor”, num embate “bate e assopra”, aliás, se há um personagem que é uma eterna metamorfose de opiniões é justamente o Lobão, durante sua história desdisse o que disse muitas vezes, já criticou com ferocidade e desdém o formato “unplugged” da MTV e tempos depois estava ele próprio ao violão num banquinho gravando seu acústico na mesma emissora musical, deixou termos para posteridades como “’Xuxanização’ da cultura brasileira”. Bom, outros livros lançados nos últimos anos têm muitos detalhes, curiosidades e confissões desse período do rock brasileiro, um é “A vida até parece uma festa” sobre os Titãs que inclusive narra passagem nada “monastérica”, mas cômica na casa do Lobão. Não sei o real alvo do Sr. João Luis, mesmo que eu não concorde praticamente em nada com as opiniões ácidas da caricatura em que se transformou ou consiga lembrar de cabeça cinco músicas suas no boom do rock tupiniquim, uma coisa é certa, de polêmica em polêmica, vai conseguindo em se manter em evidência em setores conservadores da mídia e vendendo seu uivos, de resto é “blá blá blá blá, eu te amo” e mais uma opinião particular, como essa.    Até uma outra!!!

Twitter: www.twitter.com/mauriciobruno

E-m@il: maubruno@uol.com.br

www.facebook.com/ColunaDoMau

Previous APAE de Avaré realizará a segunda edição do Arraiá APAExonado
Next Se você é macho de verdade, está sendo enganado!