Senna eterno

Senna eterno

No primeiro dia do mês, fez 25 anos da morte de Ayrton Senna da Silva. Não parece que já faz tanto tempo assim. E isso se deve ao fato de que Senna é uma lenda, e as lendas não morrem.

*** ** ***

Poucos sabem

O que pouca gente sabe, é que Senna tinha apenas dois anos de contrato com a Williams. Ele faria os anos de 1994 e 1995 pela equipe de Sir Frank, e depois iria para a Ferrari. Tenho certeza que teria dado certo, pois ele estaria na equipe do Cavalinho Rampante em sua época de maiores vitórias. Seu substituto foi um tal de Schumacher, que ganhou 6 dos seus 7 títulos mundiais pela equipe de Maranello.

*** ** ***

O GP San Marino

Aquele Grande Prêmio de San Marino é considerado maldito por muitos. Nos Treinos Livres da Sexta, Rubinho Barrichello sofreu um acidente gravíssimo, o qual o impediu de participar da corrida. Nos Treinos Classificatórios do sábado, foi a vez de Roland Ratzenberger perder a vida. E, no domingo, Senna se encontrou com a Tamburello.

*** ** ***

Ainda sobre o GP Maldito

Na mesma edição do GP de San Marino,  ainda teve o acidente entre J.J. Lehto e Pedro Lamy, o qual lançou dois pneus na arquibancada, o que feriu vários torcedores. Por fim, Michele Alboreto perdeu o controle da sua Minardi na saída dos boxes, e atingiu mecânicos da Ferrari e Lotus.

*** ** ***

Pensamento

“No que diz respeito ao empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. Ou você faz uma coisa bem feita ou não faz” – Ayrton Senna da Silva. Foi um piloto, três vezes campeão mundial de Fórmula 1 (1988, 1990 e 1991) e duas vezes vice-campeão da mesma categoria (1989 e em 1993). Foi eleito pela rede britânica de televisão, BBC, como sendo o melhor e maior piloto de todos os tempos.

Previous Sir Elton John
Next Podcast 46