SESSÃO DE CÂMARA: Populares usam Tribuna para criticar o Governo de Dr. Poio Novaes

SESSÃO DE CÂMARA: Populares usam Tribuna para criticar o Governo de Dr. Poio Novaes

A Sessão Ordinária de Câmara, ocorrida na noite desta segunda, 23, começou de forma diferente. É que dois cidadãos se valeram da Tribuna Livre, para criticar o Governo de Dr. Poio Novaes.

O ex-vereador Geraldinho da Bola aproveitou sua fala para cobrar dos secretários municipais, que trabalhem mais em prol da população.

Já o cidadão Valterci Faria, utilizou a Tribuna para cobrar da Prefeitura, que forneça os remédios de uso contínuo que seu pai necessita para vencer um câncer. De acordo com ele, o Executivo não tem disponibilizado esses e outros medicamentos na Rede Pública Municipal de Saúde, o que os obriga a adquiri-los por conta própria.

Na visão dos vereadores governistas Dr. Ernesto Albuquerque (PT) e Dra. Rosângela Paulucci (PMDB), a ausência destes remédios é fato, mas não se deve à inação do Governo Municipal, mas sim do Estadual.

Os vereadores oposicionistas Roberto Araújo e Carlos Alberto Estati, ambos do DEM, acreditam que é inadmissível que medicamentos tão vitais para um cidadão, estejam em falta.

MERENDA

E como já era esperado pelos entendidos do assunto, a polêmica da merenda retornou ao Plenário do Legislativo. Conforme a visão dos nobres edis Dr. Ernesto e Dra. Rosângela, que defenderam o Governo Municipal, a merenda escolar é balanceada e repleta de verduras, legumes e frutas frescas.

Já os vereadores Roberto Araújo e Marcelo Ortega (PV), optaram por um discurso coeso e alinhado com a realidade, apontando para a falta de frutas e balanceamento adequado dos alimentos servidos para as crianças avareenses.

Vale destacar que a polêmica da merenda escolar foi iniciada pelo A VERDADE DOS FATOS nas últimas semanas. Você pode entender toda a história AQUI, AQUI e AQUI.

Da redação

UM BREVE COMENTÁRIO

É ridículo constatar que os governistas sempre culpam os outros. No caso dos remédios, a culpa é do Governo do Estado. No caso da merenda, a culpa é dos denunciantes, já que a merenda “é ótima e balanceada”.

 

Acredito que, se eles se preocupassem mais em resolver os problemas apresentados pela população ao invés de acusarem os denunciantes, Avaré seria um lugar bem melhor para se viver.

 

Porque, como diz o sábio, se uma pessoa diz que você está errado, talvez você esteja certo. Mas se várias pessoas dizem que você está errado, com certeza você não está certo.

 

Não é razoável crer que o AVDF em conjunto com outros órgãos de imprensa, os vereadores da oposição e diversos populares estejam completamente errados quando apontam falhas na Administração Municipal. Está na hora de os donos da caneta fazerem uma autocrítica para conseguirem, eventualmente, serem mandatários um pouco melhores para o seu povo.

 

 

José Renato Fusco – Editor-Chefe (MTB – 68.183/SP)

Previous Remédios
Next Finalmente...